Segredo do Pastel de Belém

Receitasdadaia

Segredo do Pastel de Belém – Também conhecido como Pastel de Nata, o Pastelzinho de Belém é um doce incrível! Inicialmente original de Portugal é unânime em sabor e satisfação. O segredo maior é a dica gratuita que damos, que apesar de ser clichê nunca falha: Amor.

Segredo do Pastel de Belém
Segredo do Pastel de Belém

Pastel de Belém

Será maravilhosa a satisfação de todos quando provarem dessa delícia feita por você, outro Segredo do Pastel de Belém é o doce, então, vamos aos ingredientes:

Ingredientes

  • Aproximadamente 250 g de farinha de trigo;
  • Água com uma pitada de sal;
  • 150 g de manteiga ou margarina;
  • 1 gema;
  • amido de milho 80 g;
  • 1 litro de creme de leite;
  • gema de ovo,12 gemas;
  • açúcar 300 g de açúcar;
  • Baunilha líquida, algumas gotas;
  • Casca de limão (raspas);

Modo de Preparar


Primeiramente, sobre uma superfície plana, faça um monte com a farinha. Faça um buraco no meio, coloque uma gema e água o suficiente para obter uma massa palpável. Depois abra a massa e ponha 50 g de manteiga ou margarina. Vá sovando de tal maneira a obter três camadas de massa (dobre uma parte sobre o meio e a outra por cima). Repita por duas vezes, sempre espalhando 50 gramas de margarina por vez.

Após, abra novamente, espalhe a manteiga e enrole como se fosse um rocambole. Corte o rocambole em fatias de mais ou menos 2 centímetros de espessura. Espalhe cada rodela do corte no fundo de uma forminha pequena, e vá forrando também as laterais. Segredo do Pastel de Belém.

Recheio


Na panela junte: a farinha de amido de milho, o creme de leite, as gemas e metade do açúcar. Depois, leve ao fogo até ferver. Adicione o resto do açúcar, a baunilha líquida (algumas gotas) e as raspas de limão. Após, mexa bem e leve à fervura novamente. Desligue o fogo e coloque sobre as forminhas com as massas. Segredo do Pastel de Belém

Leve as forminhas preenchidas ao forno médio pré-aquecido até que estejam bem sequinhas. dependendo do seu forno ficará de 30 a 45 minutos. Por isso precisa estar observando para não queimar. Normalmente ficam douradas por cima, verifique para saber o melhor ponto para você. Eu prefiro mais branquinhas, mas minha vó prefere mais morenas, por isso faço a minha fornada primeiro depois faço pra ela.


Valor Nutricional do Pastel de Belém

O pastel de Belém é um famoso doce de origem portuguesa que atrai amantes da culinária de todo o mundo. Com sua massa folhada crocante e recheio cremoso, o pastel de Belém conquistou um lugar especial nos corações e paladares dos apreciadores de sobremesas.

No entanto, é importante entender o valor nutricional desse prato para tomar decisões informadas sobre seu consumo. Neste artigo, exploraremos os ingredientes do pastel de Belém, sua análise nutricional, benefícios para a saúde e alternativas mais saudáveis.

Introdução ao Pastel de Belém e Sua Popularidade

O pastel de Belém é um doce tradicional português que se destaca por sua singularidade e sabor irresistível. Originário do século XIX, ele foi criado pelos monges do Mosteiro dos Jerónimos, em Belém, Portugal. A receita original é mantida em segredo até os dias de hoje, sendo produzida exclusivamente na Fábrica dos Pastéis de Belém, em Lisboa.

A origem do pastel de Belém

O pastel de Belém tem uma história fascinante que remonta ao século XIX. A receita original foi criada pelos monges do Mosteiro dos Jerónimos, que utilizavam os ovos das freiras como ingrediente principal. Com o fechamento dos conventos e mosteiros durante a Revolução Liberal, a receita foi vendida a um empresário local, que fundou a Fábrica dos Pastéis de Belém e começou a produzir o doce em larga escala.

Descrição dos ingredientes do pastel de Belém

O pastel de Belém é feito com uma massa folhada crocante e um recheio cremoso à base de ovos, açúcar, leite e farinha. Os ingredientes são cuidadosamente selecionados para garantir a qualidade e o sabor característico desse doce. A receita original é mantida em segredo e apenas alguns funcionários da Fábrica dos Pastéis de Belém conhecem todos os detalhes.

Análise nutricional do pastel de Belém

Calorias e macronutrientes

O pastel de Belém é uma delícia culinária que deve ser apreciada com moderação devido ao seu valor calórico. Em média, um pastel de Belém contém cerca de 300 calorias. A maioria dessas calorias provém dos carboidratos da massa folhada e do açúcar presente no recheio.

Em termos de macronutrientes, o pastel de Belém contém uma quantidade significativa de carboidratos, uma pequena quantidade de proteínas e uma quantidade moderada de gorduras. É importante lembrar que a quantidade exata de nutrientes pode variar dependendo do tamanho e dos ingredientes utilizados em cada pastel.

Vitaminas e minerais presentes no pastel de Belém

Embora não seja uma fonte significativa de vitaminas e minerais, o pastel de Belém contém traços de cálcio, ferro e algumas vitaminas do complexo B devido à presença de ovos e leite em sua composição. No entanto, esses nutrientes são encontrados em quantidades relativamente baixas, tornando o pastel de Belém uma opção menos nutritiva quando comparado a outras sobremesas ou alimentos saudáveis.

Comparação com outros alimentos

Quando comparado a outras sobremesas populares, o pastel de Belém tem um valor nutricional similar. No entanto, é importante considerar que o consumo excessivo de alimentos ricos em açúcar e gorduras saturadas pode levar a problemas de saúde, como ganho de peso e aumento do risco de doenças cardíacas.

Benefícios para a saúde

Embora o pastel de Belém não seja um alimento especialmente saudável, é possível apreciá-lo como parte de uma dieta equilibrada, desde que seja consumido com moderação. O prazer de desfrutar de uma sobremesa deliciosa pode trazer satisfação e felicidade, e é importante equilibrar esses momentos especiais com escolhas alimentares mais saudáveis em outras ocasiões.

Considerações sobre o consumo moderado

O consumo moderado de pastel de Belém pode ser desfrutado sem prejudicar significativamente a saúde. No entanto, é fundamental ter consciência do tamanho das porções e da frequência com que o pastel é consumido. Optar por compartilhar um pastel com um amigo ou familiar ou escolher uma versão menor do doce pode ser uma estratégia para desfrutar do sabor sem exagerar nas calorias.

Opções mais saudáveis de pastel de Belém

Se você está em busca de alternativas mais saudáveis para saborear o sabor do pastel de Belém, existem algumas opções disponíveis. Algumas versões utilizam ingredientes integrais, como farinha integral e açúcar de coco, além de reduzir a quantidade de gorduras saturadas. Experimentar receitas caseiras ou procurar padarias que ofereçam opções mais nutritivas pode ser uma alternativa para satisfazer seu desejo por esse doce tradicional.

Receitas alternativas e versões mais nutritivas

Existem diversas receitas alternativas e versões mais nutritivas do pastel de Belém que você pode experimentar. Alguns exemplos incluem pastéis de Belém feitos com massa folhada integral, substituição do açúcar refinado por adoçantes naturais e redução da quantidade de gordura adicionada. Essas adaptações podem resultar em um pastel de Belém mais saudável e com um perfil nutricional melhorado.

Conclusão

O pastel de Belém é um doce tradicional português que conquistou fama internacional devido ao seu sabor único. Embora não seja um alimento especialmente nutritivo, Segredo do Pastel de Belém pode ser apreciado como uma indulgência ocasional dentro de uma alimentação equilibrada. Lembre-se de consumir o pastel de Belém com moderação e considere opções mais saudáveis quando possível. Aproveite esse delicioso doce com consciência e aprecie cada mordida.

Perguntas Frequentes (FAQs)

  1. Segredo do Pastel de Belém – O pastel de Belém é uma opção saudável?
  • O pastel de Belém não é considerado uma opção saudável devido ao seu alto teor de calorias, açúcar e gorduras saturadas. No entanto, pode ser apreciado com moderação como uma indulgência ocasional.
  1. O pastel de Belém contém glúten?
  • Sim, a receita tradicional do pastel de Belém contém glúten, pois é feito com massa folhada que é produzida a partir de farinha de trigo. Para pessoas com restrições alimentares ao glúten, existem versões sem glúten disponíveis no mercado.
  1. Existe alguma versão mais saudável do pastel de Belém?
  • Sim, é possível encontrar versões mais saudáveis do pastel de Belém que utilizam ingredientes integrais, reduzem a quantidade de açúcar e gordura adicionada. Além disso, também é possível encontrar versões sem glúten ou veganas.
  1. O pastel de Belém é adequado para pessoas com restrições alimentares?
  • Pessoas com restrições alimentares, como intolerância ao glúten ou alergia aos ovos, podem encontrar dificuldades em consumir o pastel de Belém tradicional. No entanto, existem versões alternativas disponíveis para atender a diferentes necessidades alimentares.
  1. Posso congelar o pastel de Belém?
  • Sim, é possível congelar o pastel de Belém para consumir posteriormente. Certifique-se de embalá-lo adequadamente em um recipiente ou saco hermético para manter sua textura e sabor. Ao descongelar, aqueça-o no forno para obter melhores resultados.

Leia mais!

Cappuccino Torne-se um barista em casa

Torrada na Frigideira

Suco de melancia

Coco: Doce de leite com Coco

Acesse nosso site parceiro: Goreceitas

Deixe um comentário